IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Biografias – Gente da Vila
Rio, 5/11/2011
 

Wilma Antônia Donato Braggio

Wilma Antônia Donato Braggio, nasceu em 13 de junho de 1935, é a segunda filha de uma família de quatro filhos e por ser a única menina, sempre foi muito querida pelos irmãos.

Filho de um italiano e uma brasileira, seu pai, Waldemar Donato, homem de muita alegria e talentos (sabia trabalhar como carpinteiro e entalhador), gostava de cantar e tocar violão para ser acompanhado por Wilma, com canções da época.

Sua mãe, Menália Mendanha Donato, após casar, saiu da Companhia Telefônica, para dedicar-se à família. Mulher mais rígida, criou os filhos mostrando-os a fé que tinha em Deus e nos santos da Igreja Católica; só muitos anos mais tarde, após ganhar uma Bíblia, converteu-se ao amor de Jesus.

Wilma ao completar 18 anos, conheceu, através de um casal de amigos de seu pai, Uldarico Braggio, jovem da mesma idade. Logo começaram a namorar e casaram-se aos 20 anos de idade. Foram morar em São Paulo por um ano e ao retornarem para o Rio, residiram no bairro do Grajaú. Uldarico nesta ocasião trabalhava na Shell e Wilma nunca havia trabalhado fora, pois esta idéia desagradava a seu esposo.

Da união de Wilma e Uldarico nasceram cinco filhos; dois homens e três mulheres.

Após onze anos de casamento, Uldarico saiu de casa e tempos muito difíceis come-çaram. Wilma precisou contar com a ajuda de seus familiares para continuar a criação dos filhos, todos muito pequenos. Desde então, ela que ainda não era uma mulher convertida à fé em Jesus, sabia que Deus estava no controle daqueles anos, pois trabalhava e não dispunha mais de muito tempo para ficar com as crianças.

Somente quando os filhos mais velhos tornaram-se jovens adultos e começaram a trabalhar é que a vida começou a melhorar.

Na ocasião em que morava no bairro de Quintino, no mesmo prédio que uma cunha-da, Wilma começou a freqüentar a Igreja Universal, e lá permaneceu por oito anos.

Sua filha, do meio, Maria Esther, seu genro, Paulo César e sua neta Paula Marina, convertidos a Jesus e membros da igreja presbiteriana, com freqüência testemunhavam sua fé perante toda a família.

A filha mais velha, Maria Lúcia, casada com Nelson e pais da Esther, buscaram criá-la na Igreja Batista, o que, com freqüência, levava Wilma e Maria Regina, a filha caçula, a freqüentarem alguns cultos em que havia participação das crianças. Hoje, Lúcia e Nelson são membros da Igreja Presbiteriana da Taquara onde têm recebido muitas bênçãos.

Um dos filhos de Wilma, de nome Wallace, é casado e tem um filho de nome Pietro, e seu outro filho chamado Robson, é também casado, tem dois filhos, Filipi e Rafael. As duas famílias são católicas e muito cheias de fé.

Em 1998, quando Wilma e a filha caçula Regina se mudaram para Vila Isabel, come-çam uma breve caminhada em busca de uma igreja onde pudessem professar sua fé e, após algumas visitas a igrejas evangélicas do bairro, sentiram a presença forte de Deus na Igreja Metodista, e aqui permaneceram freqüentando os cultos por aproximadamente dois anos, até que resolveram aceitar ao convite do Pastor Ronan, de participar do curso preparatório para o batismo e para que novos membros da Igreja, que naquela época era ministrado pela querida irmã Djanira Saraiva Corrêa, a Jane. Mãe e filha se batizaram jun-tas no domingo 19 de agosto de 2001, tornando-se assim membros da Igreja Metodista de Vila Isabel.

“O carinho dos pastores e a fé que transmitem ao falarem de Deus, é algo que comove cada um que chega. Esta igreja é uma grande benção”, diz Wilma.

Atualmente Wilma mora com a filha Regina e o genro Carlos no bairro do Grajaú e mãe e filha permanecem na igreja, participando com muita alegria da Escola Bíblica, na classe Maturidade Cristã, das professoras Jane Gonçalves e Cleli de Oliveira Rezende. Wilma também participa das atividades do Ministério da Terceira Idade, sob os cuidados da Coordenadora Marli Coelho, onde se sente acolhida por todas as Senhoras e não per-de um Encontro Devocional do grupo de Discipulado da Terceira Idade coordenado pelo Pastor Ronan nas tardes das 6ªs-feiras e também o encontro com a Rosa Albuquerque, que carinhosamente lidera as atividades dinâmicas e saudáveis para o grupo nas chama-das Tardes Alegres.

Embora o genro Carlos não seja membro da Igreja, é um amigo da Igreja. Participa com alguma regularidade dos cultos dominicais matutinos. “O Pr. Ronan não cansa de convidá-lo par ser aluno da Escola Dominical”.

“Hoje eu me sinto feliz e realizada na casa de Deus, tenho muita alegria em aprender trabalhos que são feitos para a obra Dele. Sou grata as bênçãos na minha vida, na vida dos meus cinco filhos, cinco netos e a oportunidade de pertencer hoje, a esta grande Família Metodista. Agora, quero alcançar a chegada de um bisneto, pois minha neta mais velha está casada a cinco anos”, diz Wilma.

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.