IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Biografias – Gente da Vila
Rio, 5/11/2011
 

Josepha Batista da Silva Couto

A Josepha Batista da Silva Couto nasceu em Esperança, na Paraíba, e veio com uma tia para o Rio de Janeiro quando tinha 24 anos de idade, deixando para trás os pais João e Ana Batista, 3 irmãos e a Igreja Congregacional da qual fazia parte.Num primeiro momento ficou em São João de Meriti. Depois foi trabalhar e residir no bairro das Laranjeiras. Como a Igreja Congregacional ficava longe de sua casa passou a freqüentar a Igreja Metodista do Catete, onde então era pastor o saudoso Rev. Antônio Baggio. “Tornei-me membro da Igreja do Catete no mesmo dia em que Batonim Gomes, tio da nossa irmã Sileda Campos!”, ela destaca. Batonim tornou-se famoso entre os metodistas do Rio de Janeiro por sua disponibilidade e criatividade evangelística. Ia para todo o canto (principalmente para a Central do Brasil) com um caixote sobre o qual subia e um mega-fone através do qual pregava o evangelho.

Há 42 anos atrás o esposo da Josepha, o Claudemiro, veio trabalhar como zelador aqui na Igreja de Vila Isabel, onde ficou por 6 anos. “Naquela época nossa Igreja tinha zelador que morava na igreja com a família. Nós moramos aqui na Igreja. Mas a casa onde moramos não existe mais. Ficava onde hoje estão os banheiros sociais de nossa igreja”.
Só depois de 2 anos residindo e trabalhando como zeladores de Vila Isabel e com a chegada do Rev. Arcendino Teixeira à nossa Igreja é que eles se tornaram membros da Vi-la. “Foi o Rev. Arcendino quem nos convidou para nos tornarmos membros da Igreja de Vila Isabel. Nós aceitamos com muita alegria. Assim nos transferimos da Igreja do Catete para Vila Isabel”.

Além de Josepha trabalhar (e muito!) como uma “co-zeladora” ao lado do esposo Claudemiro, tornou-se sócia da Sociedade de Mulheres e dedicou-se ao ministério de visitação. Hoje é membro da Igreja ao lado do filho João Cláudio, que trabalha no município de Piraí e que nos finais de semana vem para o Rio, para ficar com a mãe. Há 23 anos Josepha ficou viúva.

Mesmo tendo se mudado do nosso bairro para o Méier (diga-se, para o lado da Igreja Metodista do Méier), continua firme e forte em nossa Igreja, participando sobretudo das reuniões da Sociedade de Mulheres e do grupo de discipulado de mulheres nas terças-feiras à tarde e dos cultos nas manhãs de domingo.

“Sou uma pessoa muito grata a Deus pelas bênçãos e cuidados dele para comigo e meu filho”, testifica nossa irmã Josepha Couto. ”Deus é muito bom!”

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.