IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Biografias – Pastores(as) Metodistas
Rio, 21/4/2007
 

Hipólito de Oliveira Campos

HIPÓLITO DE OLIVEIRA CAMPOS
Filipe Pereira de Mesquita

Nasceu em 28.12.1848, na Fazenda Cachoeira, Freguesia de Buriti da Estrada, Distrito de Pompeu, município de Pitangui, MG., e faleceu em 1931.
Foi sacerdote da Igreja Católica Romana por 26 anos e, posteriormente, pastor da Igreja Metodista, durante 30 anos.

Estudou no Seminário (católico romano) de Diamantina e no Palácio de Mariana.
No dia 1.º de fevereiro de 1900, deixou a I.C.R.. Voltou à cidade de Juiz de Fora, onde fora vigário da I.C.R., e casou com D. Francisca Sousa de França Campos. Tiveram sete filhos. Um dos filhos, Ismael de França Campos, é autor dos hinos de números 17 e 78, do Hinário Evangélico, usado pela Igreja Metodista. Ismael e sua esposa Iracema trabalharam como professores do Colégio Bennett, no Rio de Janeiro.

Em 1901, o reverendo Hipólito iniciou seu ministério pastoral na Igreja Metodista.
Foi pastor nas igrejas metodistas de Belo Horizonte, Juiz de Fora, São Paulo (Central), Taubaté, Cunha, Petrópolis; no Rio de Janeiro, pastoreou as igrejas do Jardim Botânico, de Vila Isabel (onde, há 20 anos, fui pastor de uma filha dele), e do Catete.
Em 1926, visitou Portugal, França e Ilha da Madeira, realizando trabalhos missionários.
O Expositor Cristão, jornal da Igreja Metodista, publicou, em 1932, vários artigos sobre ele. Publicou, também, uma poesia de sua autoria, intitulada “Saudade”, parafraseando “Meus oito anos”, de Casemiro de Abreu.

Há uma fotografia dele na página 116, do livro Pioneiros e Bandeirantes do Metodismo no Brasil, de autoria do reverendo Isnard Rocha. São Paulo: Imprensa Metodista, 1967, onde, nas páginas 116-8, há dados biográficos. Também no Atas e Documentos, do Concílio Regional do Norte de 1932, suplemento A, da página 44 a 58, há dados biográficos sobre ele. Também na revista Voz Missionária, do 2.º trimestre de 1940, há uma foto dele.
A bibliografia citada acima pode ser encontrada na biblioteca da Faculdade de Teologia, da UMESP – Universidade Metodista de São Paulo, no bairro de Rudge Ramos, em São Bernardo do Campo, SP, e, talvez, na Igreja Metodista Central de São Paulo, na avenida Liberdade, 648, onde ele também foi pastor.

Sobre tradução da Bíblia feita por ele, desconheço qualquer iniciativa. Neste caso, seria bom contactar a Sociedade Bíblica do Brasil, para alguma informação a respeito.
Envio-lhe o meu abraço e os votos de conseguir mais informações sobre esse seu ilustre parente.

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.