IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Pregação
Rio, 25/4/2009
 

Ponha fogo no seu sermão

Pr. Hebert Junker


 

Os discípulos de Jesus desejavam saber quando seria o tempo da restauração do reino de Israel. Jesus lhes respondeu: “Não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai reservou para sua exclusiva autoridade; mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém, como em toda Judéia e Samaria e até aos confins da terra”. Atos 1:7-8. Possivelmente eles pensavam que aquele momento, pós-ressurreição de Jesus, seria o momento ideal para se estabelecer o reino de Jesus e o governo de Deus na terra, transformando a situação caótica da sociedade e restaurando-a em lugar de justiça e paz. Contudo, Jesus dá um novo foco no diálogo, dizendo da necessidade do revestimento do poder do Espírito Santo, a fim de que eles se tornassem legítimas testemunhas de Seu Evangelho. “Eis que envio sobre vós a promessa de meu pai; permanecei, pois, na cidade, até que do alto sejais revestidos de poder”. Lucas 24:49

A implantação do Reino de Deus, na visão de Jesus, deve ser primeiro no íntimo do ser humano. O sinal visível da implantação do Reino de Deus na vida de uma pessoa é a obediência voluntária aos mandamentos de Deus, que revelam claramente a conduta daqueles e daquelas que verdadeiramente foram salvos pela graça de Deus em Cristo Jesus. Não fomos salvos apenas para nos livrar da condenação do pecado, mas também para sermos cooperadores de Deus no propósito de salvar a humanidade.

Não basta saber que Cristo salva os pecadores por meio de sua morte e ressurreição, é preciso comunicar essa verdade ao maior número de pessoas. A Palavra de Deus não pode ficar apenas para o consumo interno das pessoas na igreja, mas deve ser falada, anunciada e difundida para todos, em todos os cantos deste planeta. E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Marcos 16:15.

Sem a obra do Espírito não haverá pregação, não haverá pessoas convertidas e também não haverá crescimento saudável da igreja. Sem a unção do Espírito Santo nossas pregações tornar-se-ão sem vida e sem poder. Quando o Espírito Santo foi derramado no Pentecostes, os discípulos receberam poder para testemunhar (At 1.8), isto é, sem poder não há testemunho. Um poderoso testemunho demonstra evidências. Jesus enviou esta mensagem para João Batista, quando este estava assaltado por dúvidas na prisão: “Jesus respondeu: Voltem e anunciem a João o que vocês estão ouvindo e vendo: os cegos vêem, os mancos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados, e as boas novas são pregadas aos pobres..”. Mateus 11:4-5. Paulo disse à igreja de Corinto: “Minha mensagem e minha pregação não consistiram de palavras persuasivas de sabedoria, mas consistiram de demonstração do poder do Espírito”. I Co 2:4. Não há mais espaço no púlpito para pregadores(as) frios, sem vida e sem paixão. Como A.W. Criswell citou John Wesley, “Ponha fogo no seu sermão, ou ponha o seu sermão no fogo”.

Nós devemos exaltar e glorificar a Deus através de uma pregação bíblica, fiel, ungida, cheia de paixão, com maior senso de urgência para a salvação dos perdidos e para a edificação dos santos.


Rev. Hebert Junker
Superintendente Distrital Missionário
Secretário de Expansão Missionária da 5ª. RE

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.