IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Discipulado
Rio, 17/11/2011
 

"Existe alguém que Deus não conhece? Por que Deus diz: EU NUNCA TE CONHECI? (Osni Ferreira Benedito)

ZZ Outros Colaboradores ZZ


 

- Introdução:
Desde criança ouvia dizer que Deus conhece cada pessoa. A Bíblia nos fala que Ele sabe de tudo.

A Palavra nos diz que Ele nos conhece desde o ventre da nossa madre. Há um provérbio popular que nos diz que "não cai uma folha de uma árvore dem a sua permissão; ele conhece até quantos fios de cabelo temos..." Então, como Deus poderia dizer, Eu nunca te conheci, e pra quem? Não é Ele mesmo que nos chama pelo nome?

- Desenvolvimento:
Lendo o livro DNA da Multiplicação, pág. 46, o autor Alex Nunes faz um pequeno comentário sobre este tema, cito: "Como Pai, Ele conhece a todos; mas como Senhor, Ele só conhece quem cumpre a sua missão. Ele não conhece o servo(a) reprovado(a)..."

Eu entendo alguns princípios, a dizer que, são pessoas que tiveram a oportunidade de fazer, de servirem no Reino de Deus durante toda a vida, mas não o fizeram, isto é negligenciaram (vs.35).

Oportunidades para servir todos nós temos na obra de Deus. Você e eu, a propósito, estamos inseridos neste chamado e desafio missionário.

O versículo descreve dizendo que existem pessoas que, espiritualmente estão assim, clamando por ajuda, com fome e sede de Deus, outras estão enfermas e presas pelo pecado, são como forasteiros porque não tem uma casa (igreja) para congregarem, precisam de uma pessoa que as acolham...

Quem são estas pessoas? Você certamente as conhece. E o que você tem feito por elas?
São muitos os que ainda vivem na condição de escravos do inimigo. E Deus não fica nada satisfeito, quer saber, se elas precisam da sua ajuda e você finge que isto não é da sua conta.

No dia do arrebatamento você não será avaliado pelos seus talentos ou dons. Digo que, seremos julgados pela condição de servos(as).

Uma multidão de pessoas estão voltadas hoje para os dons espirituais, por que isto dá menos trabalho. Mas, não querem dar frutos, ou seja, ganhar almas e consolidá-las para o Reino de Deus.

Entretanto, seremos avaliados não pelo que fizemos, mas "pelo que deixamos de fazer para Deus". A fé cristã não pode ser vista como mais uma moda religiosa dentro da Igreja. Isto é sério.

O vs.33 assim nos diz: "e porá as ovelhas a sua direita, mas os cabritos à sua esquerda". Qual é o seu entendimento sobre esta separação? Quem são as ovelhas? Quem são os cabritos?

É visível que haverá uma separação e uma condição para esta avaliação (reúna o seu grupo de discipulado e compartilhe).

Cabritos são àqueles que estão acostumados de dar sempre umas "desculpinhas" aos seus líderes... querem sempre inventar um motivo para não fazer a obra de Deus. Incrível, alguns até expulsam demônios, empolgam a igreja com os seus talentos... mas, quando são desafiados a um compromisso mais sério com Deus, pois cuidar de almas (vidas) é uma responsabilidade mais pesada, daí fogem e se consolam na sobra de suas lamentações e outros afazeres. Ovelhas não vivem neste estilo de vida.

Deus não vai aceitar as suas desculpas. O texto comprova isto. De forma igual, ele julgará a todos, não importa qual seja a minha ocupação ministerial... (pastor, apóstolo, obreiro, bispo, diácono, membro, evangelista, etc) todos nós seremos julgados no tribunal de Cristo.

O que nos aprova são os nossos frutos. Deus quer conhecer a sua "genealogia espiritual". Quantos filhos na fé você já gerou até aqui?
"Não aconselho você chegar na igreja sem nenhum discípulo."

Meu amado irmão e irmã, comece hoje a dar a sua contribuição para que novas vidas alcancem o Reino de Deus.

O texto está bem definido, fala que se não contribuirmos como verdadeiros(as) servos(as), como discípulos(as) de Cristo, vivendo fielmente este propósitos, se não aceitarmos o seu chamado, não seremos conhecidos por Ele, e não adiantará tentar ou fazer qualquer justificação... o peso da culpa e de toda omissão virá, e assim, no livro da vida constará se fazemos parte dos que serão chamados à sua direita. Pare e pense nisso!

(Em grupo) - O que você tem deixado de fazer na Obra de Deus? É justificável ou não? O que você pode fazer para mudar esse quadro da sua vida e ministério?

Existem muitas pessoas dentro da igreja que não estão preocupadas com o discipulado, abandonam os seus votos de batismo e de membro (vida e missão da igreja), outros até ocupam um lugar importante em meio a multidão, mas o nível de compromisso delas é mínimo. Pessoas que tem aliança com Cristo devem ter compromisso com almas.

- Não perca o foco, o seu alvo.
A característica dos cabritos é que eles são até religiosos, se acham salvos pelos seus méritos (boas obras)... mas são legalistas (são seguidores da Lei).
Muitas das vezes servem a Jesus no "esconderijo". De modo algum querem sair da zona de conforto (religiosidade) e nem serem confrontados. Por que?
Eles não sabem reconhecer seus erros, não voltam atrás por falta de humildade, cheios de soberba seguem por interesses pessoais, não aceitam críticas porque acham que já sabem de tudo/ até sobre Deus, são seguidores ocasionais (por movimentos - Mt.19.20) são como figueiras até bonitas, mas não dão frutos.

Os cabritos são seguidores inconstantes. Jesus diariamente está nos pondo a prova para saber se somos ovelhas ou cabritos.
As ovelhas Ele as conhecem, mas o cabritos não.
A ovelha tem a capacidade de obedecer imediatamente a voz do seu pastor. São estes que sempre dão frutos na Igreja.
Você nunca as encontram desocupadas, pois elas estão sempre envolvidas na obra de Deus e no compromisso de ganhar vidas pra Jesus.

Cuidado: Geralmente, o cabrito é mais "místico" do que a "ovelha". Como assim?
Jesus nunca ficou impressionado com àqueles que o seguiam apenas pelos seus sinais e milagres. Tanto é que, Ele mesmo disse no evangelho de João que as suas ovelhas lhe seguem pela voz.

Ocasionalmente, tive uma experiência de receber em nossa igreja uma ovelha ferida por um cabrito. Que profetizou uma mentira... e em nome do Senhor.

- Amados e amadas de Cristo, o cabrito aparece na Igreja como mais um(a) "competidor(a) e não como um(a) servo(a).

Outra desculpa do cabrito é a "sua falta de tempo", geralmente se dizem "os mais ocupados" para não realizarem as coisas de Deus. Mas, quando está presente quer ser reconhecido por todos/as. Senão, pra ele/a não tem graça.

No projeto de Deus só serão lembrados àqueles/as que amaram e servirão de coração a Deus (Mt.10.1; Hb.3.1).
"Ser discípulo(a) significa andar pela cruz", e a cruz é renunciar as muitas coisas que satisfaz a sua carne.

Conclusão:
Enfim, no ministério existem operações de milagres, e creio que nos dias atuais essa operação de sinais e maravilhas são também necessários.
Mas não é isto que fará a diferença. Ela vem como "talentos" para contribuir na edificação das almas.

Agora, os resultados que farão diferença na eternidade serão o número de almas que vamos ganhar para Cristo a partir de hoje.
Me lembro da palavra de Atos 3.19,21 "dos quais Deus falou pela boca de seus santos profetas, desde o princípio". Deus quer que evangelizemos o mundo...
Você é "boca de Deus" para esta geração.

Para se cumprir a volta de Jesus é necessário que alguém se disponha a ir e ganhar mais vidas pra Jesus. Não importa aonde for, seu nome será lembrado no dia do arrebatamento, você será separado(a) para a Sua direita, no lugar das ovelhas.
Deus tem esse plano pra você! Ele quer se lembrar do teu nome no dia final.

Abraços, que Deus continue abençoando você, família e seu ministério.
SHALOM ADONAI.


Rev. Osni Ferreira Benedito
http://youtu.be/zwPxRMKlwng

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.