IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Palavra Pastoral
Rio, 26/5/2012
 

Dia de Pentecostes (Reflexão de 26/05/2012)

Pr. Edson Cortasio Sardinha


 

João 16.12-15

Na Festa dos Judeus, o Dia de Pentecostes, o Espírito Santo foi derramado na vida dos discípulos (At 2.1-5). Este dia passou a ser o Dia de Pentecostes da Igreja. O Dia em que o Espírito Santo, prometido por Jesus, veio capacitar a Igreja para ser testemunha do Evangelho (AT 1.8). Na Doutrina do Espírito Santo a Igreja afirma que "o Espírito Santo, que procede do Pai e do Filho, é da mesma substância, majestade e glória com o Pai e com Filho, verdadeiro e eterno Deus" (25 Artigos de Religião).

No dia de Pentecostes o Espírito Santo veio habitar conosco. Ele está no meio de nós e nos motiva a fazer discípulos e discípulas para o Senhor Jesus. Hoje iremos conhecer a Missão do Espírito Santo. Em João 16.12-15, o Senhor Jesus fala sobre a Missão do Consolador na vida da Igreja.

I. A Missão de Guiar a toda a verdade
O Espírito Santo é chamado por Jesus de Espírito da Verdade. (v13...quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade;...). A Igreja sempre passou por momentos difíceis e decisões erradas, mas buscando o Espírito Santo, a Igreja sempre voltou a Verdade da Palavra de Deus. O Movimento Franciscano inicial foi um retorno a Verdade. A Reforma Protestante foi um retorno a Verdade. O Espírito Santo sempre trabalha para que a igreja não venha se perder e volte para a verdade (João 14.17). Jesus diz: v.12 - "Tenho ainda muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora". Os apóstolos ainda não estavam prontos para ouvir as verdades espirituais em plenitude. Com a vinda do Espírito Santo a igreja teve poder para anunciar o Evangelho e unção para trabalhar as doutrinas bases da nossa fé. As Epístolas do Novo Testamento são as revelações do Espírito Santo sobre o Ministério do Senhor Jesus. Estas revelações só foram possíveis por causa da ação direta do Espírito Santo revelando toda a verdade aos apóstolos (I Co 2.8-10).

II. A Missão de falar tudo o que tiver recebido e ouvido
Jesus diz que o Espírito Santo "não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido" (v.13). O Espírito Santo veio para continuar o ministério do Senhor Jesus. Ele recebe tudo que é de Jesus e anuncia. Disse Jesus: v.15 "Tudo quanto o Pai tem é meu; por isso é que vos disse que há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar". Os apóstolos tiveram a presença permanente de Jesus ensinando. Foi um privilégio para os discípulos. Mas nós temos o Espírito Santo nos ensinando exatamente o que recebeu de Jesus. O Espírito Santo dá continuidade perfeita ao ministério do Senhor Jesus. Isso é um privilégio para todos nós. Ele não está limitado ao espaço físico ou geográfico. Ele está conosco, nos ensinando exatamente o que Jesus deseja ensinar. Através do Espírito Santo, Jesus está conosco todos os dias até o fim dos tempos (Mt 28.19-20), por isso o Espírito Santo é o Consolador (João 14.16, 26; 15.26; 16.6.)

III. A Missão de anunciar as coisas que hão de vir.
Jesus diz que o Espírito Santo "não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir" (v.13). Cada dia temos novos desafios. O Espírito Santo auxilia a Igreja com revelações bíblicas sobre as crises da atualidade. É O Espírito Santo que nos ajuda a ter respostas bíblicas a todas as situações e desafios modernos (Mt 10.19,20). Ele revela a igreja o que há de vir. A Igreja não anda com a mente reduzida a um momento histórico. A Igreja dá novos passos guiada pelo Espírito Santo que revela o que há de vir. O Espírito está sempre renovando nossa mente e nos ajudando a viver a doutrina do Evangelho de Cristo na íntegra (Rm 16.25; Sl 119.130).

IV. A Missão de Glorificar Jesus.
O Senhor Jesus diz: v 14 - "Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar". A ação do Espírito Santo sempre será em glorificar Jesus. Toda doutrina que nega a divindade do Senhor Jesus não vem do Espírito Santo. O Pai e o Filho são glorificados pela igreja que é dirigida pelo Espírito Santo (I Co 12.3).

Conclusão:
No dia de Pentecostes o Espírito Santo veio habitar na Igreja. Somos orientados a cada dia ser cheios do Espírito Santo (Ef 5.18). Também precisamos andar em santidade, como templo do Senhor. Não podemos entristecer o Espírito Santo que nos selou para a redenção (Ef 4.30). Que sejamos cheios do Espírito Santo de Deus e venhamos a produzir o fruto do Espírito.

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.