IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Palavra Pastoral
Rio, 27/10/2012
 

O Resultado da Fé

Pr. Edson Cortasio Sardinha


 

Marcos 10.46-52
O Evangelho de hoje fala de um mendigo que consegue a graça de Deus para sair da situação em que vivia. Bartimeu era um mendigo que vivia nas ruas de Jericó. Era mendigo porque era cego. No contexto social da Bíblia, raramente um pobre deficiente conseguia trabalho. A opção que sobrava era a mendicância. Bartimeu ao ouvir falar de Jesus e saber que Ele estava passando, aproveitou a oportunidade para clamar. Seu clamor teve a oposição. Diante do obstáculo, Bartimeu gritou com mais insistência. Jesus o chama e com atitude de fé, recebe o que necessita. Jesus termina dizendo: "Vai, a tua fé te salvou". Assim Bartimeu passou a ser discípulo de Jesus.
Foi uma ação de Deus relacionada a ação da fé de Bartimeu. Jesus dá o crédito a fé do mendigo que interagiu com a graça de Deus.

I. A fé que aproveita a oportunidade
O texto descreve alguns dados sobre o mendigo de Jericó (46): Estava na saída de Jericó, seu nome era Bartimeu, era cego, filho de Timeu e estava assentado à beira do caminho pedindo esmolas. Alguém já havia falado para Bartimeu sobre os poderes do Nazareno chamado Jesus, Filho de Davi. Quando soube que Jesus estava passando (47) "...pôs-se a clamar: Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim!" Bartimeu aproveitou a oportunidade para clamar. Foi um mendigo que não desejava mais ser mendigo. A graça de Deus o fez desejar sair da situação em que vivia. O princípio da restauração está em desejar ser restaurado. Isto também é uma ação da graça de Deus (Ef 2.8).

II. A oposição ao clamor
Quando o Bartimeu buscava ajuda e começa a clamar, as pessoas (48) "...o repreendiam, para que se calasse". Muitas pessoas desejam ajuda, mas são impedidos pela sociedade e pelos meios de comunicação, de buscarem auxílio em Deus. Muitas vezes por causa dos próprios escândalos produzidos pelas pessoas da igreja. Bartimeu deseja a restauração, mas é repreendido pelas próprias pessoas que seguiam Jesus. Muitas vezes a religião pode tentar impedir nosso encontro com Deus (Mt 15.3).


III. A insistência da fé
Mesmo sendo repreendido, Bartimeu tem a fé para insistir. Ao invés de calar, (48) ...ele cada vez gritava mais: Filho de Davi, tem misericórdia de mim!" Era um mendigo que não desejava continuar vivendo a margem da sociedade. Sabia que Jesus era o Filho de Davi, ou seja, o messias prometido. Sabia que Jesus podia lhe curar e restaurar. A fé é insistente quando é fé verdadeira (Lc 18.1-8). A fé de Bartimeu havia resistido ao teste da oposição.

IV. A atitude da fé
O Misericordioso Jesus parou e disse: (49) "Chamai-o". Um convite como resultado da insistência da fé. As pessoas lhe dizem: (49) "Tem bom ânimo; levanta-te, ele te chama". A atitude da fé pode ser visto neste simples frase: (50) "Lançando de si a capa, levantou-se de um salto e foi ter com Jesus". A capa era a identidade do mendigo. Ele joga fora a antiga identidade com um gesto que estava dizendo: "Eu não vou mais precisar disso! Eu serei curado!". Para confirmar a intenção do mendigo Jesus pergunta (51) "Que queres que eu te faça?" Ele não pede esmola. Não deseja uma ajuda provisória. Se recusa a voltar a viver como mendigo. Por isso ele responde: (51) "Mestre, que eu torne a ver". A nossa fé é demonstrada em nossas atitudes (Mt 7.7,8).

V. O resultado da fé
O resultado da fé do mendigo não foi apenas a cura. Primeiro Jesus diz (52) "Vai, a tua fé te salvou". Depois o cego "tornou a ver" e por último, já curado, "seguia a Jesus estrada fora". O resultado foi o discipulado. Ele foi salvo da vida de mendigo, salvo da doença e salvo na dimensão espiritual. Esta salvação o fez entrar no seguimento de Jesus. A restauração de Jesus na vida da pessoa de fé é a salvação plena que transforma meros homens e mulheres em discípulos e discípulas fiéis e santos pela graça (Lc 5.10-11).

Conclusão:
A nossa fé precisa ir além das formalidades religiosas. Precisamos exercer a fé para sermos ajudados por Deus e poder ajudar o nosso próximo a se reerguer na graça do Senhor. Bartimeu creu, clamou, insistiu, tomou atitude, recebeu o milagre e passou a ser seguidor de Jesus. Ocorreu uma salvação completa. De mendigo a discípulo.

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.