IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Palavra Pastoral
Rio, 15/12/2012
 

3ª Semana do Advento: Alegria da Conversão

Pr. Edson Cortasio Sardinha


 


Lucas 3.10-18

No terceiro domingo do Advento o tema é alegria. Paulo diz: "Alegrai-vos sempre no Senhor” (Fp 4.4). Estamos alegres porque o natal está chegando. Natal é um dia específico onde cultuamos a Jesus Cristo celebrando o seu milagroso nascimento. Natal é culto a Jesus Cristo.
O Evangelho de Hoje fala da alegria da conversão. João Batista prega o Evangelho (18) e o povo busca a conversão. João demonstra que a conversão é mudança de atitudes e será possível com a presença do Espírito Santo. Jesus virá e dará o Batismo com o Espírito Santo. Mas também terá sua segunda vinda para exercer julgamento justo e estabelecer um Novo Céu e uma Nova Terra. Este tempo do Advento nos aponta para o Jesus que veio em Belém e o Jesus que virá em sua Glória. Temos a alegria da presença de Jesus hoje e sempre.

I. A busca pela conversão
O Evangelho fala que, ao ouvirem a pregação de João Batista , (10) "as multidões o interrogavam, dizendo: Que havemos, pois, de fazer?" Estavam impactadas pela pregação de João e buscavam uma conversão de vida. A verdadeira ação de Deus é seguida por uma genuína conversão. Muitos procuram as bênçãos de Deus, mas fecham o coração e não se convertem (Atos 28.27). Deus está sempre esperando nossa conversão (Jr 26.3). Deus deseja que todos se convertam e sejam salvos (I Tm 2.3,4). Quando desejamos a conversão, o Senhor nos lava, santifica e justifica pela ação do Espírito Santo (I Co 6.10-11). Nosso coração precisa estar diariamente arrependido e perguntando ao Senhor: Que havemos de fazer hoje? Como exercitar a conversão hoje?

II. Conversão como mudança de atitude
A resposta de João batista leva a uma mudança de atitude. Conversão não é assistir aos ritos da igreja somente. Conversão não é encarnar um estilo evangélico na roupa e uma fisionomia piedosa. Conversão é mudança de atitude. João responde (11) "Quem tiver duas túnicas, reparta com quem não tem; e quem tiver comida, faça o mesmo". Para os publicanos (cobradores de Impostos) João responde: (13) "Não cobreis mais do que o estipulado". Para os soldados a resposta de João é: (14) "A ninguém maltrateis, não deis denúncia falsa e contentai-vos com o vosso soldo". As multidões, os publicanos e os soldados desejaram entender o que precisavam fazer para receber o Cristo. João responde dizendo que Deus espera uma mudança prática de vida. (Ef 4.28). A resposta de João não é voltada aos ritos religiosos. Todos eram religiosos e tinham seus ritos. João fala de atitude. O melhor jejum de conversão está relacionado a nossa atitude com relação a pessoa que sofre (Is 58.5-10).

III. Conversão e o Batismo com o Espírito Santo
O povo começou a pensar que João Batista fosse o próprio Cristo (15). João revela a diferença entre ele e o Cristo que viria: (16) "Eu, na verdade, vos batizo com água, mas vem o que é mais poderoso do que eu, do qual não sou digno de desatar-lhe as correias das sandálias; ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo". O Cristo traria um elemento novo. Não seria apenas a água do rito do Batismo, mas a ação do Espírito Santo. É o Espírito Santo que tem o poder de santificar nossa vida e mudar nossa atitude. Sozinhos não conseguimos mudar a vida. Não temos forças. É o Divino Espírito Santo que nos ensinará a viver a conversão a cada dia nas relação com o próximo. (João 14.26; 15.26 ; 16.13).

IV. Conversão para o encontro com o Juiz
João fala do Batismo com o Espírito Santo e com fogo. Esta frase para João tem uma relação clara com o fogo do julgamento que virá. João diz: (17) "A sua pá, ele a tem na mão, para limpar completamente a sua eira e recolher o trigo no seu celeiro; porém queimará a palha em fogo inextinguível". Virá um dia quando teremos que encontrar com o Juiz. Neste dia Deus julgará os segredos dos corações para separar o trigo da palha (Rm 2.16). Esta é a mensagem do Advento: Viva hoje se preparando para encontrar com o Senhor que virá. Como se preparar? Vivendo a conversão das atitudes com relação ao próximo. A conversão nos prepara para o Encontro com o Senhor que virá (Mt 25.34-40).

Conclusão:
A mensagem de João é de Boas Novas. O v.18 diz: "Assim, pois, com muitas outras exortações anunciava o evangelho ao povo". Qual era o Evangelho de João? O Evangelho da conversão. Natal é tempo de olhar as profecias e crer que sem santidade ninguém verá a Deus (Hb 12.14). A conversão é a maior alegria que damos ao coração do Pai (Lc 15.32).

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.