IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Quaresma
Rio, 10/3/2013
 

O Pai das Misericórdias

Pr. Edson Cortasio Sardinha


 


Lucas 15.1-32

Introdução:
No início do capítulo 15 de Lucas o Senhor Jesus está acolhendo publicanos e pecadores que vieram para lhe ouvir. Com esta atitude acolhedora e inclusiva de Jesus, os fariseus e escribas começaram a murmurar dizendo: "Este recebe pecadores e come com eles" (2). Jesus apresenta três parábolas para mostrar a alegria de Deus em acolher o perdido. Deus é o Pai das Misericórdias. No Evangelho de Lucas temos três parábolas com a mesma aplicação: a alegria de Deus com o retorno do pecador. Desejo ler estas parábolas e aplica-las a três situações diferentes sobre a pessoa perdida e a necessidade da conversão.

I. Perdido por acidente - Ovelha perdida
A primeira parábola é sobre a ovelha perdia. Era comum uma ovelha se perder do grupo e o pastor insistentemente procurá-la: 4-5. Na parábola a alegria é tão grande que ele (6) reúne os amigos e vizinhos. O pecador perdido é o alvo do amor do Pai das Misericórdias. É com este olhar que devemos nos voltar para o pecador. Todo pecador é uma ovelha perdida e está sendo procurada pelo Pai.

II. Perdido dentro de casa - Dracma perdida
A segunda parábola é sobre a dracma perdida. A Dracma valia um dia de trabalho. A mulher procura insistentemente a dracma perdida. Quando acha faz festa com suas amigas (8-10). É a alegria de Deus pelo pecador que se arrepende. Mas podemos ver um detalhe muito interessante: a Dracma estava perdida dentro de casa. Hoje existem muitos crentes, dentro da igreja, que estão perdidos. Necessitam ser encontrados. Estão apenas parados e esquecidos. Mas são valiosos aos olhos do Pai (Fp 2.18).

III. Perdido por Opção - O filho perdido
Nesta terceira parábola o filho se perde por opção. Estava na casa do Pai, mas escolhe viver a vida da maneira que deseja. É iludido pelas luzes do mundo e da glória. Quando volta, é acolhido e honrado pelo Pai. Com esta terceira parábola Jesus está dizendo aos fariseus e escribas: "Meu projeto não é apenas manter os filhos que estão em casa, mas acolher os filhos que estão perdidos".

Conclusão: As três parábolas apresentam Deus como o Pai das Misericórdias.

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.