IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Reflex§es
Rio, 2/11/2013
 

Regras de John Wesley para os Grupos de Discipulado - 25 de dezembro de 1738

Pr. Edson Cortasio Sardinha


 

“Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis". Tiago 5:16

"Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo". Gálatas 6:2

O coração do metodismo durante a vida de John Wesley foi a reunião das Classes (hoje chamamos de Pequenos Grupos, Células, etc).

Este era um grupo de apoio, discipulado e aliança, onde os membros eram responsáveis uns pelos outros.

Eles confessavam os seus pecados uns aos outros, oravam uns pelos outros, e provocavam um outro ao amor e as boas obras.

Os ensinamentos da Bíblia eram examinados à luz da experiência pessoal real. Os líderes eram alimentados e equipados.

Antes das Classes vieram as Sociedades e as Bands.

Em 25 de dezembro de 1738, Wesley apresentou as Regras para os Pequenos Grupos Metodistas (Sociedades-Bands).

Na Regra Wesley diz:

O projeto do nosso encontro é para obedecer o comando de Deus, "Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados. "

Para alcançarmos este fim, pretendemos:

1. Reunir uma vez por semana, pelo menos.
2. Chegar pontualmente na hora marcada.
3. Começar (com os que estão presentes) exatamente na hora, com cânticos e oração.
4. Cada um de nós, em ordem, de forma livre e claramente, deve falar o verdadeiro estado de nossas almas, com as faltas que cometemos em pensamento, palavra ou ação, e as tentações que sentimos, desde nosso último encontro.
5. Para terminar cada encontro deverá ser realizada uma oração adequada para o estado de cada pessoa presente.
6. Deixar uma pessoa que deseja falar do seu próprio estado em primeiro lugar, e depois pedir o resto dos membros para falar a cerca de seu estado da alma: pecados e tentações.

Algumas das questões propostas para cada um antes que seja admitido entre nós:

1. Já recebeu o perdão dos seus pecados?
2. Já tem paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo?
3. Já tem o testemunho do Espírito de Deus com o seu espírito, que você é um filho de Deus?
4. O amor de Deus foi derramado em seu coração?
5. Existe algum pecado, por dentro ou por fora, dominado sua vida?
6. Você deseja ser informado dos seus defeitos?
7. Você deseja ser informado de todas as suas falhas?
8. Você deseja que cada um de nós diga, de tempos em tempos, tudo está em nosso coração que lhe diz respeito?
9. Considere! Você deseja que devamos dizer-lhe tudo o que nós pensamos, tudo o que ouvimos, que lhe dizem respeito?
10. Você deseja que, ao fazer isto, devamos chegar o mais perto possível para te ajudar a cortar todo pecado que está no fundo do seu coração?
11. É o seu desejo e projeto ser, em qualquer ocasião, inteiramente aberto, de modo a falar tudo o que está em seu coração, sem exceção, sem disfarce, e sem reserva?

Qualquer uma das perguntas anteriores podem ser feitas com frequência nas reuniões. Mas as quatro perguntas seguintes têm que ser feitas em todas as reuniões:

1. Você cometeu pecados desde o nosso último encontro?
2.Quais tentações você tem encontrado?
3. Como você enfrentou a tentação?
4. Você tem dúvida de que alguma coisa que você pensou, disse ou fez, pode ser pecado?¹

Com estas perguntas, Wesley sonhava com crentes curados, maduros, íntegros e perdoados pelo Senhor. Sonhava com crentes aliançados.

Estas perguntas eram feitas nas bands. As bands eram grupos com poucas pessoas onde uma cuidava da outra como num discipulado um a um. Todos eram acolhidos como discípulos amados.

Os Pequenos Grupos eram ferramentas de oração e ajuda mútua.

O discipulado não estava baseado em estudar um roteiro, mas em confessar fraquezas e buscar auxílio em Deus através do outro.

Por isso o coração da Célula (pequeno Grupo) é o discipulado um a um onde as pessoas podem ser confrontadas e crescer na graça do Senhor.

Agindo com misericórdia e graça podemos auxiliar e ser auxiliados nos grupos de discipulado e no discipulado um a um.

---------------------------------------------------------------------------------------------------
¹Pesquisa realizada em: www.goforthall.org

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.