IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Reflex§es
Rio, 23/11/2013
 

Festa de Cristo, Rei do Universo

Pr. Edson Cortasio Sardinha


 

Este é o último domingo do Ano Litúrgico. Este domingo encerra o Ano Cristão e fecha o ciclo litúrgico.

O Ano Cristão começa no Advento (anúncio do nascimento do Senhor) e passa por todo o ministério do Senhor Jesus. No Ciclo do Natal meditamos em seu nascimento e manifestação. No Ciclo da Páscoa meditamos em sua morte e ressurreição. No Tempo Comum meditamos em seu ministério. Cada domingo lemos o Evangelho de Lucas (Ano C) meditando na caminhada do Senhor Jesus.

Agora, neste domingo, finda-se o Ano Cristão. No próximo domingo já celebraremos o novo ano, com o primeiro domingo do Advento. Neste ano lemos Lucas - Ano C - e no próximo ano litúrgico caminharemos por Mateus - Ano A.

O Ano Litúrgico da Igreja é encerrado com a festa de Cristo Rei dos Reis.

Diante de tantos movimentos políticos e sociais, o cristianismo pregou que o verdadeiro Rei é o Senhor Jesus. Este foi o contexto que deu início a esta bonita celebração.

"Cristo Rei foi uma das últimas celebra-ções instituída pelo Papa Pio XI, na época em que o mundo passava pelo pós-guerra de 1917, marcado pelo fascismo na Itália, pelo nazismo na Alemanha, pelo comunismo na Rússia, pelo marxismo-ateu, pela crise econômica, pelos governos ditatoriais que solapavam toda a Europa, pela perseguição religiosa, pelo liberalismo e outros que levavam o mundo e o povo a afastar-se de Deus, da religião e da fé, culminando com a 2ª Guerra Mundial".

A festa foi instituída para que todas as coisas culminassem na plenitude em Cristo Se-nhor, simbolizado no que diz o Apocalipse: ”Eu sou o Alfa e o Ômega, Principio e Fim de todas as coisas.” (Ap: 1, 8).

Esta festa celebra o reinado de Cristo, o Reino de Deus e nossa participação neste reino. O fim da história não é o sofrimento nem as desigualdades. O fim da história é Jesus Cristo, nosso Senhor, o Rei dos Reis.

Neste dia celebramos a vitória de Jesus sobre a morte, o mundo, a carne e o diabo.

No Ano C, as leituras do Dia de Cristo, Rei do Universo, são: II Sm 5.1-3; Sl 122, Cl 1.12-20 e Lucas 23.35-43.

O livro de II Sm 5.1-3 fala da unção de Davi como rei de Israel. Davi passou a ser o modelo do grande Rei. Figura do Rei que viria.

O Salmo 122 canta a alegria de Jerusalém ter o trono do Rei. É a fé de que o Rei Messias viria reinar em Jerusalém.

Paulo aos Colossenses 1.12-20 diz que Deus nos tirou das trevas e nos transportou para o reino de Jesus. Em Jesus foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por Ele e para Ele. Ele é o verdadeiro Rei.

O Evangelho de Lucas 23.35-43 fala de Jesus reinando em Jerusalém através de sua morte na cruz. A cruz foi o início do reinado de Cristo, onde nos deu o perdão dos pecados e nos comprou e nos redimiu para sermos seu povo eleito.

Celebremos esta data orando:

"Onipotente e sempiterno Deus, que sem-pre estás mais pronto a ouvir do que nós a supli-car, e nos dás mais do que desejamos ou merece-mos; derrama sobre nós a tua misericórdia, per-doando os nossos pecados e dando-nos as bên-çãos que não somos dignos de pedir, senão pelos merecimentos de Jesus Cristo teu Filho, nosso Senhor, que vive e reina contigo e com o Espírito Santo, um só Deus, agora e sempre.

Amém".

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.