IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Reflex§es
Rio, 1/2/2014
 

Os Pequenos Grupos Metodistas

Pr. Edson Cortasio Sardinha


 

Os Pequenos grupos são Pequenas Igrejas dentro da Igreja. São como as células do Corpo. Um líder mais maduro, cuida, zela e pastoreia um pequeno número de irmãos e irmãs. Ocorre o pastoreio mútuo. O discipulado passa a ser um estilo de vida. Todos são discípulos/as de Jesus e trabalham pelo fortalecimento mútuo e por novos discípulos.
Os Pequenos grupos (também chamados de Células) possibilitam diversas experiências:

a) O Pequeno Grupo proporciona o exercício da vida de disciplina Pessoal e Comunitária: “O Metodismo requer vida de disciplina pessoal e comunitária, expressão do amor a Deus e ao próximo, a fim de que a resposta humana à graça divina se manifeste através do contínuo e paciente do crente com o crescimento em santidade (I Pe 1.22; Tt 2.11-15)”. (Cânones – PVM – p.74).

b) O Pequeno Grupo proporciona o Crescimento da Igreja por meio do Evangelismo: “O Metodismo caracteriza-se por sua paixão evangelística, procurando proclamar as boas-novas de salvação a todas as pessoas, de tal sorte que o amor e a misericórdia de Deus, revelados em Jesus Cristo, sejam proclamados e aceitos por todos os homens e mulheres (I Co 1.22-24)”. (Cânones – PVM- p.75).

c) O Pequeno Grupo possibilita a mobilização de cada membro para o serviço: “O Metodismo procura desenvolver de forma adequada a doutrina do sacerdócio universal de todos os crentes (I pe 2.9). Reconhece que todo o povo de Deus é chamado a desempenhar com eficácia, na Igreja e no mundo, ministérios através dos quais Deus realiza o seu propósito, ministérios essenciais para a evangelização do mundo, para a assistência, nutrição e capacitação dos crentes, para o serviço e o testemunho no momento histórico em que Deus os vocaciona (I Co 12.7-11)”. (Cânones – PVM – p.76).

d) O Pequeno Grupo (como uma célula do Corpo) proporciona o sentido da Igreja como um organismo vivo: “O Metodista afirma que a Igreja, antes de ser organização, instituição ou grupo social, é um Corpo, um Organismo vivo, uma Comunidade de Cristo (Ef 1.22-23; I Co 12.27)”. (Cânones – PVM – p.77)

e) O Pequeno Grupo gera Pastoreio Mútuo: “Nesta comunidade os metodistas são despertados, alimentados, crescem, compartilham, vivem juntos, expressam sua vivência e fé, edificam o Corpo de Cristo, são equipados para o serviço e o expressam junto das pessoas e das comunidades (I Co 12. 16-26; II Co 9.12-14; Ef 4.11-16)”. (Cânones – PVM p.77).

f) O Pequeno Grupo permite a Igreja sair de si mesma: “A Igreja, fiel a Jesus Cristo, é sinal e testemunha do Reino de Deus. É chamada a sair de si mesma e se envolver no trabalho de Deus, na construção do novo ser humano e do Reino de Deus. Assim, ela realiza sua tarefa de evangelização (Hb 2.18)”. (Cânones – PVM – p.80).

A Igreja Metodista de Vila Isabel tem em seu Plano de Ação a grande tarefa de implantar o discipulado mediante os Pequenos Grupos.
É um esforço de cada um de nós. Venha participar das reuniões de quinta-feira às 20 horas. Ore por esta grande obra de Deus que nasceu na prática de Jesus Cristo e foi vivenciada por Wesley e os primeiros metodistas.

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.