IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Reflexões
Rio, 30/4/2016
 

O Vento do Espírito sobre os Mulçumanos

Pr. Edson Cortasio Sardinha


 

Recentemente um pastor amigo esteve trabalhando no Egito e na Arábia Saudita e pre-senciou os milagres de Deus no mundo árabe de maioria mulçumana.

A conversão de mulçumano tem sido algo extraordinário. Alguns perdem tudo, inclusive a vida, ao aceitar Jesus como o único e suficiente Salvador. O Vento do Espírito tem soprado sobre todos os homens e mulheres. Muitos têm alcançado a salvação mediante sonhos com Jesus.

Li recentemente que o relato de uma jo-vem que foi evangelizada por sua amiga, que havia sido muçulmana e alcançou a salvação também através de sonhos. O relato, publicado por diversos portais cristãos mundo afora, conta a história de Taline e Brielle (nomes fictícios, por questão de segurança). 

As duas jovens mantinham longa amiza-de, e Brielle sentia o desejo de compartilhar sua experiência com Deus através de sonhos, e expli-car a Taline a essência da Bíblia Sagrada e o plano divino para a salvação do mundo através de Jesus. 

Numa oportunidade, durante um happy hour, Brielle e Taline conversavam sobre coisas cotidianas, quando Taline passou a fazer perguntas sobre o Deus descrito na Bíblia. Naquela ocasião, Brielle identificou a oportunidade ideal para contar o que havia acontecido com ela. 

“Eu estava pronta. Eu estava com medo (e estava orando): Senhor, o que eu posso compartilhar com ela? Como posso responder suas perguntas sobre a Bíblia?”, contou Brielle.

Durante a conversa, Brielle passou a falar sobre sua fé à amiga: “Tínhamos que entrar na Palavra, e eu comecei a orar com ela e responder às perguntas que ela tinha”, revelou a jovem, que propôs a Taline que as duas se encontrassem com um amigo que havia se convertido ao Evangelho e tinha mais conhecimento bíblico.

As duas marcaram o encontro, mas Taline resolveu cancelar, por medo de que fosse uma má ideia. No entanto, durante a noite anterior ao encontro, Taline sonhou com Jesus, que disse a ela: “Se você quiser saber mais sobre Mim, você deve ir a essa reunião de amanhã”.

Ansiosa, Taline foi ao encontro e ouviu do ex-muçulmano sobre a história de Adão e Eva, e sobre os profetas que existiram ao longo do Antigo Testamento, e pôde compreender por que Jesus era o plano de Deus para a salvação.

“Agora eu entendo como Jesus é Deus”, disse Taline, que se converteu ao cristianismo. Já Brielle, pediu oração pelos cristãos em países árabes e explicou que lá a prática da fé cristã tem uma dinâmica diferente: “A plantação de igrejas [no Oriente Médio] não se trata de um edifício. Se trata de compartilhar Jesus com as pessoas, e essas pessoas sendo convertidas, dizendo a seus amigos, e se reunindo para a leitura da Palavra”.

Deus tem levantado missionários com es-tratégias tremendas para alcançar mulçumanos. 

Na evangelização de mulçumanos “É im-portante utilizar abordagens que revelem sensibilidade cultural. Por exemplo, usar o Corão como uma ponte. O Corão tem alguns versos magníficos sobre Jesus, onde ele é apresentado como um grande profeta e alguém muito próximo de Deus. Jesus é chamado “a Palavra de Deus” (4:171) e “o Espírito de Deus” (2:87). Atribuem-se a ele as seguintes palavras: “A bênção de Deus está sobre mim aonde quer que eu vá” (19:30). Também pode ser traduzido como: “Deus me fez abençoado onde quer que eu esteja”. No Corão, Jesus é o único profeta que ressuscita os mortos. Também se faz menção dos seus milagres e curas e do seu nascimento virginal. Virtualmente todos os convertidos do islã dizem que o Deus que eles conheciam de modo distante no Corão eles agora conhecem mais plenamente em Jesus Cristo”. 

“Muitas pessoas tratam o islã como se fosse um bloco monolítico, deixando de considerar que ele ostenta uma enorme diversidade. Isto significa que existem diferentes graus de resistência ao cristianismo e que os métodos evangelísticos a serem utilizados devem diferir de um grupo para outro. Por exemplo, o número de muçulmanos abertos para o cristianismo na Indonésia, o maior país islâmico do mundo, é muito grande. Uma estratégia frutífera tem sido enviar cristãos árabes para trabalhar na Indonésia, ensinando o árabe e pregando o evangelho. Na Arábia Saudita, tem sido considerável o impacto dos cristãos coreanos, algo intrigante para os sauditas”.

Oremos pela conversão e salvação de mulçumanos ao Senhor Jesus. 

Fonte: 

http://www.criacionismo.com.br

http://www.mackenzie.br

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.