IGREJA METODISTA DE VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902


Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Metodismo
Rio, 10/3/2007
 

O Plano para a Vida e a Missão da Igreja Metodista

Bispo Paulo Lockmann


 

O PLANO PARA A
VIDA E A MISSÃO DA IGREJA METODISTA

Bispo Paulo Lockmann


1 - INTRODUÇÃO:

O Plano para Vida e a Missão (PVM) da Igreja Metodista constitui-se no principal evento da celebração do 50º aniversário da sua autonomia em relação à Igreja da América do Norte. É uma orientação para que a missão da Igreja seja o centro de tudo o que ocorre em sua comunidade e que a "sua principal tarefa é repartir fora dos limites do templo o que ela de graça recebe do Senhor" (Cânones, art.24).

Ele foi aprovado no Concílio Geral de 1982 e faz parte do Cânones da Igreja Metodista. Inicia-se tratando de nossa Herança Wesleyana ao falar um pouco da história do Metodismo. Mostra o porque Deus tem levantado a Igreja Metodista e de que maneira os seus membros devem responder a esse chamado divino, de acordo com a Bíblia ( cf. Rm12:9-21; Mt 4:16-20; Mt 7:24-27; Mc 10:35-45).

2) A HERANÇA WESLEYANA:
ELEMENTOS FUNDAMENTAIS DA UNIDADE METODSITA
(em linguagem adaptada)

2.a) O METODISMO tem a sua base na Bíblia. Aceitá-lo significa assumir as doutrinas fundamentais da Fé Cristã que se traduzem na vida do crente na prática diária do amor a Deus e ao próximo. Essa prática é uma resposta à graça de Deus revelada em Jesus Cristo e se nutre na autêntica vida de adoração ao Senhor e de serviços ao próximo.

2.b) A vida cristã comunitária e pessoal deve ser a expressão verdadeira da experiência do crente com Jesus Cristo como Senhor e Salvador.

2.c) O METODISMO proclama que o poder do Espírito Santo é fundamental para a vida da comunidade de fé, tanto na piedade social como no testemunho social.

2.d) A santificação do cristão e da Igreja em direção à perfeição cristã é proclamada pelos Metodistas em termos de amor a Deus e ao próximo. E se concretiza tanto em atos de piedade (participação na ceia do Senhor, leitura da Bíblia, prática da oração, do jejum e cultos) como em atos de misericórdia (solidariedade com os pobres e marginalizados sociais, participação na vida da comunidade). Os Metodistas crêem que tornar o cristianismo uma religião solitária, é na verdade destruí-lo.

2.e) Uma das marcas do METODISMO é a sua paixão evangelística, procurando proclamar as boas-novas de salvação a todas as pessoas de tal sorte que o amor, a justiça e a misericórdia de Deus sejam proclamadas e aceitas por todos os homens e mulheres.

2.f) O METODISMO tem compromisso com o bem estar da pessoa total; não só espiritual, mas também seus aspectos sociais. Essa compreensão abrangente da salvaçÃo faz com que os Metodistas se comprometam com as lutas que visam eliminar a pobreza, a exploração e toda forma de discriminação.

2.g) Todas as pessoas - e não somente o pastor ou pastora - devem desenvolver os Ministérios da Igreja (Sacerdócio Universal de todos os Crentes).

2.h) O METODISMO afirma que a união entre as igrejas locais (sistema conexional) é característica fundamental e básica para sua existência.

2.i) Ser Metodista é pensar e cantar assim: "Não importa a igreja que tu és, se à sombra do Calvário tu estás, se o teu coração é igual ao meu dá-me a mão e meu irmão serás".

2.j) A vivência cristã se fundamenta na fé, amorosa e ativa, centrada na ação histórica de Deus, na vida de Cristo e na ação renovadora do Espírito Santo.

2.l) O Metodista afirma que a Igreja é o Corpo de Cristo, uma comunidade de fé, de adoração, crescimento, testemunho, amor, apoio e serviço.

2.m) O METODISMO não é só "blá, blá, blá". O METODISMO afirma que o valor da prática e da experiência da fé cristã, devem ser confirmadas pela Palavra de Deus, dentro da tradição da doutrina e da comunidade da Igreja.

3) QUAL É A VONTADE DE DEUS?

A Missão de Deus no mundo é estabelecer o seu Reino. Participar da construção do Reino de Deus em nosso mundo significa evangelizar.

O Reino de Deus é o surgimento de uma nova vida, do perfeito amor, da justiça plena, da autêntica liberdade e da completa paz. Tudo isso está introduzido em nós e no mundo como semente que o Espírito Santo está fazendo brotar. Isso podemos ler em Romanos 8:23.

A MISSÃO ACONTECE QUANDO A IGREJA SAI DE SI MESMA, ENVOLVE-SE COM A COMUNIDADE E SE TORNA INSTRUMENTO DA NOVIDADE DO REINO DE DEUS.

4) AFINAL, O QUE É PRECISO PARA COLOCAR EM PRÁTICA O PLANO PARA "VIDA E MISSÃO"?

4.a) Estar em comunhão com Deus, ouvir e entender a Sua voz e se fortalecer no Seu poder.

4.b) Conhecer a Igreja, especialmente a nossa igreja local, descobrir suas possibilidades e seus Dons e valorizar seus Ministérios para alcançar a participação total do povo na Missão de Deus.

4.c) Conhecer o bairro, a cidade, o país e o mundo. Saber dos acontecimentos, suas causas e consequências.

4.d) Somar esforços com outras pessoas e grupos que também trabalham na promoção da Vida.

4.e) Denunciar por palavras e pela prática, todas as forças e instrumentos que oprimem e destroem a vida humana.

4.f) Entender e unir no trabalho (de modo positivo) as igrejas locais, a Igreja Metodista como um todo e as demais Igrejas Cristãs.

4.g) Entender e superar as tensões existentes entre pastores(as) e leigos(as), liderança local e demais membros em todos os níveis de ação da Igreja. Isso deve dar-se por meio de uma confrontação (estar frente a frente!) e diálogo que expresse amor e justiça, unindo todos num trabalho participativo na Missão de Deus.

4.h) Aprender uns com os outros, na vida prática e na Bíblia, corrigindo-se na ação de Deus na vida de cada dia.

4.i) Concretizar nossos Dons e Ministérios como trabalho a serviço do Reino de Deus, compartilhando com os outros a fé em Jesus Cristo.

4.j) Estar ao lado daqueles que sofrem, como por exemplo, os que são explorados em seu trabalho e os que nem conseguem trabalhar. Pois, o trabalho é próprio do ser humano, porque é próprio do Criador.

4.l) Buscar sempre a participação de todos os membros da Igreja, homens e mulheres, especialmente na tomada de decisões.


5) O QUE O PLANO "VIDA E MISSÃO" FALA SOBRE O CULTO?

5.1) A Igreja participa da Missão quando cultua a Deus:

a) No oferecimento de nós mesmos em comunidade, na adoração, no louvor, na confissão, na afirmação da fé, na consagração e no compartilhar de nossas experiências e Dons.

b) No recebimento da Palavra de renovação, de alimento, de fortalecimento mútuo e no recebimento do poder de Deus.

Recebemos a vida de Deus e a oferecemos novamente a Ele. A celebração da vida por meio de Jesus Cristo se torna visível no seu início pelo Batismo e sua continuidade através da Proclamação da Palavra e da Ceia do Senhor, que são atos centrais do culto. No culto a Deus celebramos a vitória do Reino de Deus sobre as forças do mal e da morte.

5.2) O culto a Deus deve ser:
a) amplamente participativo, onde a comunidade tenha vez e voz;
b) inserido no dia-a-dia da comunidade onde a Igreja está localizada;
c) oportunidade para todos os homens e mulheres aceitarem a Jesus Cristo como Senhor e Salvador;
d) capaz de expressar as angústias, lutas, alegrias e esperanças do povo, ofertando-as a Deus.

O culto continua através da Oração e Meditações pessoais, da família e de grupos. Ele se completa no oferecimento da vida em atos de amor e justiça.


6) ESPERANÇA E VITÓRIA NA MISSÃO DE DEUS

Nós, Metodistas, cremos que:

- Nosso trabalho tem sua raiz e força na confiança de que Deus está conosco.
- Ele vai à frente e é a garantia da realização do Reino de Deus no presente e no porvir.
- Ainda que as forças do mal e da morte lutem para dominar o mundo, nossa esperança reside naquEle que as venceu.
- Este é Jesus Cristo, que tornou real a ressurreição e a vida eterna.
- A vitória da vida já pode ser percebida na luta que travamos contra as forças da morte;
- Pois já temos os primeiros frutos do Reino (Primícias) que nos nutrem.
- E nos levam a perseverar na caminhada, orando...
... VENHA O TEU REINO, SENHOR.

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.