IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Batismo do Senhor
Rio, 28/1/2017
 

A Obediência do Senhor

Pr. Edson Cortasio Sardinha


 

Evangelho de Domingo – Ano A - Tema Litúrgico: Batismo do Senhor

Mateus 3.13-17

 

O Batismo do Senhor é um ato Epifânico, ou seja um acontecimento que "manifestou" Jesus como Filho de Deus. 

Sempre é comemorado após a Epifania do Senhor.

Examinado o Evangelho de Mateus vemos Jesus caminhando com propósito, cumprindo a vontade do Pai e vivendo em unidade com a santíssima trindade. Somos provocados a crescer na graça do Senhor.

I. Jesus caminhava com propósito

Os movimentos de Jesus eram baseados em propósitos especificados pelo Pai. 

O texto diz que (13) "Por esse tempo, dirigiu-se Jesus da Galiléia para o Jordão, a fim de que João o batizasse".

Ele não recebeu esta orientação de sua família ou da tradição religiosa. Ele, em comunhão com o Pai, sabia que precisava, naquele momento, sair da Galiléia e se dirigir para o Jordão para ser batizado por João.

Recebemos muitas direções da família e da sociedade. Mas precisamos buscar no Senhor quais são os seus propósitos específicos para a nossa vida.

Os caminhos do Senhor são maiores do que os nossos caminhos (Is 5.9). Ele sabe sempre o que é melhor para o nosso percurso na vida. Precisamos caminhar nos propósitos de Deus. 

II. Jesus cumpria a vontade do Pai

O interesse do Senhor era cumprir a vontade do Pai. 

João Batista (14) "o dissuadia, dizendo: Eu é que preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim?"

Não era da vontade do profeta batizar o Senhor. Ele não concordava com esta prática. Para ele Jesus não precisava.

Mas a vontade de Jesus era cumprir a vontade do Pai (Jo 4.32). Mesmo sendo impedido por João, Jesus fez prevalecer aquilo que estava no coração do Pai. 

Por isso o Senhor responde a João: (15) "Deixa por enquanto, porque, assim, nos convém cumprir toda a justiça". 

Diante desta resposta do Senhor, João admitiu e a vontade de Jesus foi cumprida.

Nosso interesse precisa ser exclusivamente fazer a Vontade do Pai. Teremos impedimentos e argumentos contrários, mas precisamos permanecer no propósito de Deus. 

III. Jesus vivia em unidade com a Trindade

No Santo Batismo do Senhor encontramos a Unidade da Santíssima Trindade. 

O texto diz que (16) "Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, vindo sobre ele". O Filho sai das águas e do céu vem o Espírito de Deus sobre Ele. 

Do céu o Pai confirma o ministério do Filho: (17) "Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo".

Jesus vivia em Unidade perfeita com o Pai e com o Espírito Santo (Jo 10.30). Toda realização do Senhor Jesus era a ação conjunta e plena da Santíssima Trindade.

Nosso interesse é viver em unidade plena com o Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Através da Oração, Meditação e Leitura Bíblica, devemos buscar a comunhão com Deus para agir com justiça, paz e caridade. 

Somente com a Trindade conseguimos cumprir o propósito e chamada de Deus para nossa vida.

Conclusão:

Aprendemos que os caminhos do Senhor são maiores do que os nossos caminhos e fazer a vontade de Deus é a melhor opção para o nosso percurso na vida. Somos convidados a caminhar nos propósitos de Deus.

Nosso interesse precisa ser exclusivamente fazer a vontade do Pai e viver em unidade plena com o Deus Pai, Filho e Espírito Santo.

O discipulado exige obediência total, integral e radical ao projeto de justiça e paz do Reino de Deus. 

Oração Final

Ó Pai Celestial, que, no Batismo de Jesus, no Jordão, o proclamaste teu amado Filho e o ungiste com o Espírito Santo; concede que todos os batizados em seu nome guardem constantes a aliança que estabeleceste e, com ousadia, o confessem Senhor e Salvador, o qual vive e reina contigo e com o Espírito Santo, um só Deus, agora e sempre. Amém. 

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.