IGREJA METODISTA DE VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902


Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Reflexões
Rio, 20/1/2018
 

Vocação da Igreja: Testemunhar! (Jo 1, 35-42)

Pr. Edmar Leonardo da Silva


 

Mais um ano se inicia, e com ele se renovam sonhos, projetos. O que esperarmos desse tão desejado Ano Novo? Com certeza devemos também pensar em que podemos contribuir para que esse ano seja um ano de realizações nossas e também de outras pessoas.

No texto acima vemos que João Batista reconheceu o dom de Deus: Jesus, o Cordeiro de Deus. Ele não guardou a revelação para si. Logo compartilhou com seus discípulos. A experiência de João nos ajudará a vivenciar intensamente a presença de Cristo em nossas vidas.

O texto bíblico nos diz que no dia seguinte ao batismo de Jesus, João Batista, em companhia de dois de seus discípulos, ao ver  Jesus passar afirma: “Eis o Cordeiro de Deus!” Seus dois discípulos, diante dessa afirmação, seguiram a Jesus. João Batista sabia quem ele era e também sabia quem era Jesus. Ele era a “voz do que clama no deserto”. Ele veio preparar o caminho para a chegada do Messias, Jesus.

Quando os dois encontram-se com Jesus, Este logo lhes pergunta: “Que buscais?” São estas as primeiras palavras de Jesus neste evangelho. Essa pergunta é  feita a todos os homens que procuram por Jesus. Sempre queremos saber quem é Jesus, e ele nos pergunta sobre o que buscamos na vida. É um diálogo aberto.

Os discípulos que encontraram Jesus começaram a conviver com ele. Nessa nova vida com Jesus,  foram descobrindo que  ele era o Mestre, o Messias, o Filho  de Deus. O mesmo acontece conosco: enquanto  seguimos em nossa caminhada com Cristo progredimos no conhecimento a respeito dele. Como ele mesmo disse: “Já não vos chamo  de  servos...  mas  tenho  vos   chamados amigos.” ( Jo 15: 15 ). Ele nos quer como amigos íntimos. Isso é fruto de um relacionamento sólido É intimidade. 

João Batista era apenas testemunha de Jesus. Por isso convida seus próprios discípulos para que sigam Jesus. E os dois primeiros vão buscar outros. É desse mesmo modo que nós encontramos a Jesus: porque outra pessoa nos falou dele e nos comprometeu numa tarefa de anunciá-Lo também. É sempre uma testemunha que aponta Jesus para outra. Jesus nos chamou para um propósito. Não é por acaso. Ele veio com uma missão que recebeu de Deus e confiou essa missão a sua amada igreja. 

Jesus sempre reconhece aqueles que o Pai coloca em seu caminho. Ele reconhece Natanael debaixo da figueira e também Simão, que logo recebe um novo nome: Cefas que significa Pedro ( pedra). Ele também nos conhece, sabe quem somos e nos chama para uma realidade santa ao seu lado.

Da mesma forma que os primeiros discípulos responderam ao seu chamado, levando outros à Cristo, devemos também proceder assim, pois alguém nos levou a Ele. Somos testemunhas do que temos visto e ouvido nessa nova vida. Temos algo a compartilhar. Não estamos vazios! Que possamos ao final desse ano de intenso e dedicado serviço, vislumbramos uma farta colheita de novas vidas para o reino do nosso Altíssimo Deus.

“NO LABOR,  SEM CESSAR, A SERVIR A JESUS” (Hinário Evangélico 404)

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.