IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Reflexões
Rio, 1/3/2020
 

“A ALEGRIA DO SENHOR É A NOSSA FORÇA”? (Neemias 8:10).

Pr. Edmar Leonardo da Silva


 

Fazer essa afirmação: “a alegria do Senhor é a nossa força” significa que somente a verdadeira alegria que vem de Deus nos fortalece. Há muitas formas de alegria que o mundo oferece, mas todas são vazias, superficiais e passageiras. Entretanto, a alegria do Senhor derramada sobre seus filhos é plena e suficiente. Sim, a alegria do Senhor é a nossa força. Mas como experimentamos essa alegria fortalecedora? No próprio texto bíblico do livro de Neemias aprendemos que o povo de Deus se apropria dessa alegria através do conhecimento, confiança e obediência  à  Palavra de Deus.

É através da revelação da vontade de Deus em sua Palavra que tomamos conhecimento de nossos pecados e somos conduzidos ao arrependimento. Ao mesmo tempo, essa mesma Palavra nos dá uma alegria inabalável ao nos mostrar a imutável promessa do perdão de Deus e o ministério capacitador do Espírito Santo que nos guia em toda a verdade (cf. João 16:13). Isso explica porque o salmista escreve: “Os preceitos do SENHOR são retos e alegram o coração; o mandamento do SENHOR é puro e alumia os olhos” (Salmo 19:8). Para o servo do Senhor, os mandamentos divinos são prazerosos ao coração; as promessas de Deus são a sua alegria (cf. Salmo 119:11-16). O Salmo 1 diz que “o prazer do justo está na Lei do Senhor, e nela ele medita de dia e de noite” (Salmo 1:2).

Dizer que a alegria do Senhor é a nossa força não significa que somos imunes ao sofrimento. Muito pelo contrário! O verdadeiro cristão passa por muitas dificuldades, aflições, tristezas e tribulações. O redimido sabe o que é chorar! Mas pelo poder divino, pela força comunicada pelo próprio Deus aos seus filhos, nós somos capazes de experimentar uma alegria que transcende qualquer circunstância, que supera qualquer tristeza. Os crentes podem até ser entristecidos, mas estão sempre alegres (2 Coríntios 6:10).

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.