IGREJA METODISTA EM VILA ISABEL
Fundada em 15 de Junho de 1902

Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 400
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20551–031     Tel.: 2576–7832


Igreja da Vila

Aniversariantes

Metodismo

Missão

Artigos e Publicações

Galeria de Fotos

Links


Reflexões
Rio, 1/11/2020
 

Vencendo com Jesus as tempestades (Mt 8,23-27)

Pr. Edmar Leonardo da Silva


 

Jesus estava atravessando o Mar da Galiléia, saindo de Cafarnaum e indo para Gadara, para o outro lado. Ele estava muito cansado e dormia, porque havia curado naquele mesmo dia, muitos enfermos. A tempestade era um fenômeno típico daquela região. Os seus discípulos, apavorados entraram em pânico assim que a tempestade começou. Logo trataram de acordar Jesus e Ele, prontamente fez o mar se acalmar.

Muitas vezes somos como os discípulos. No meio de muitas provações nos esquecemos de que Ele está conosco como prometeu, nos guiando no barco de nossas vidas. Da mesma forma que eles, muitas vezes também vemos que durante a nossa caminhada cristã enfrentamos diversas provações. O apóstolo Paulo afirma: “Parque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação”. (2 Co 14,17)

Nosso Deus trabalha em nossas vidas, para moldar, desenvolver e aperfeiçoar o nosso caráter. Por mais que pequemos, Ele nunca vai desistir de nós. Jesus veio para morrer pelos nossos pecados e por isso devemos hoje, viver com Ele, em uma caminhada íntima.

Em nosso dia-a-dia, enfrentamos diversas provações. Essas dificuldades nos desafiam e nos leva a olhar para Deus, e a depender Dele em vez de confiar em nós mesmos. Não importa o tamanho da nossa “onda”, do problema ou da provação, Deus vai sempre estar lá para nos ajudar a enfrentá-la. 

Jesus estava com os discípulos no barco. Ele estava dormindo e os discípulos acharam que iriam morrer na tempestade. Eles estavam estranhando a calma de Jesus, o Seu silêncio, durante toda a tempestade. Mas Ele não demoraria em salvá-los. Deus sempre age, por mais que pareça estar em silêncio! Em Is. 8:17 diz: “Esperarei no Senhor, que esconde o Seu rosto da casa de Jacó, e a Ele aguardarei”. Devemos confiar n’Ele em todo tempo, por mais que pareça distante. Devemos confiar e entregar os nossos planos em Suas mãos. Quando nos desesperamos diante das tribulações nos distanciamos de Deus ficando cada vez mais longe do som da Sua voz divina. Esse “distanciamento” ou “silêncio” de Deus está relacionado à maturidade de nosso relacionamento com Ele. Precisamos refletir sobre o nosso nível de intimidade com Deus. Esse é o momento oportuno para uma profunda reflexão, de ver o que há de errado conosco e buscar logo a resposta de Deus, que sempre vem ao encontro do que clama: “Invoca-me e te responderei; anunciar-teei coisas grandes e ocultas, que não sabes”. (Jeremias 33: 3).

Precisamos procurar mais do que uma simples experiência com Deus. Antes, devemos buscá-Lo acima de tudo! Ele quer que confiemos n’Ele. A nossa fé agrada a Deus. Confiemos que Deus cumprirá Suas promessas. Não nos esqueçamos de que Jesus abriu mão de todas as coisas para que você pudesse ter todas as coisas. Ele morreu para que você tivesse vida e vida em abundância! Esse é um bom motivo para o nosso agradecimento contínuo, e uma vida de intimidade! Deus sabe quem nós somos! Ele está apostos para acalmar as tempestades, os ventos e as ondas que assolam e abalam o barco da nossa vida. Veja o que está escrito em Hb. 13,5: “De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei”. Portanto, coragem! Alegremonos! Ele está conosco, entreguemos tudo nas mãos d’Ele, nossos sonhos e planos. Como está escrito: “Confia ao Senhor as tuas obras e os teus desígnios serão estabelecidos”. ( Pv 16: 3) Espere com paciência no Senhor que Ele agirá em nosso favor!

Que em nosso coração esteja a certeza de que o Ressuscitado está conosco e nos ajuda nos momentos de tribulação. Que a nossa fé seja, em Deus, cada vez mais sólida.

Voltar


 

Copyright 2006® todos os direitos reservados.